Serra da Bocaina – Fazendas Históricas, cachoeiras, Pequeno trecho da Trilha do Ouro. – 07/06/2021 a 11 /06/2021

Divulgue nas mídias sociais

Saiba mais e inscreva-se!
Cercada pela Mata Atlântica, Bananal está localizada em uma área montanhosa ao pé da Serra da Bocaina. Um roteiro histórico, com muita beleza natural e onde você vai conhecer um trecho da trilha do Ouro.
O município cresceu e se enriqueceu com as fazendas de café. Com tanta riqueza, Bananal chegou a avalizar para o Império empréstimos feitos em bancos ingleses, chegando à cidade ao luxo de possuir, por algum tempo, moeda própria. Com a decadência do café, as fazendas passaram para a pecuária leiteira. Dos tempos anteriores ficaram muitos e valiosos monumentos.
Segundo o Dr. João Mendes de Almeida em uma dessas etnias está à origem do nome da Cidade. A denominação, de origem Tupi, vem do curso d’água que cruza a cidade, o banani, que significa rio sinuoso, e era como os índios Puris se referiam ao rio que cortava a região.

Roteiro:

1º. Dia 07/06 – Recife / São Paulo / Bananal
Embarque com destino a São Paulo. Chegada, transfer e hospedagem no Hotel Ibis Budget Paraiso (Diária a partir das 14:00h) . Saída as 19h15.
Chegada em Bananal pela madrugada, hospedagem e pernoite.

2º. Dia 08/06 – Serra da Bocaina – Estação Ecológica de Bananal
Saída as 8h30, após o café da manhã. Vamos conhecer a Estação Ecológica de Bananal, localiza-se em uma região de relevo acentuado na Serra da Bocaina, que apresenta picos de até 2.132 metros. Abriga remanescentes da Mata Atlântica, vegetação que já cobriu o litoral brasileiro de norte a sul. Os remanescentes dessa vegetação são tão importantes que foram declarados Patrimônio da Humanidade.
Neste dia vamos andar um total de 3k500m. Lembrando sempre, que as trilhas contam com desnível e obstáculos naturais, sendo que a quilometragem, que parece ser curta, se torna o dobro.
Trilha da Cachoeira Sete Quedas. Distância: 500m
Partindo do centro histórico de Bananal-SP, o visitante segue em direção a Serra da Bocaina pela rodovia SP-247 até o km 15, entrando à esquerda, segue mais 6km em estrada de terra até chegar nas primeiras cinco quedas da cachoeira, as águas cristalinas do Rio do Braço descem formando um escorregador natural e ótimos poços para banho. Seguindo pela estrada de terra por mais 4km encontram-se as duas últimas quedas, já localizadas dentro da Estação Ecológica de Bananal-SP.
Dificuldade: Leve para pessoas com preparo físico.
Trilha do Ouro Distância: 830m
Por essa trilha, conhecida como Estrado Ariró, passou, em lombo de mulas, o ouro que era retirado de Minas Gerais para ser enviado a Portugal através do porto do Rio de Janeiro. O trecho da Trilha do Ouro que passa pela Estação foi recuperado em cerca de 1500 metros e pode ser visitado pelos turistas com acompanhantes de técnicos da Unidade. Pavimentada com pedra, a trilha atravessa uma parte da Mata Atlântica, a vegetação representativa da região. Retorno para pousada no final do dia. Noite livre.
Levar Lanche de trilha.
Dificuldade: Leve para pessoas com preparo físico.

3º. Dia 09/06 – Cachoeira do Bracuí – Alto da Serra da Bocaina.
Saída as 8h30, após o café da manhã seguimos para Cachoeira do Rio Bracurí.
Com 5 quedas, com total de 150m de altura, tem um poço para banho, como também tem uma vista surreal da baía de Angra dos Reis. A dúvida é se fica sentado de costas para a cachoeira, apreciando a paisagem, ou se fica de costas para a vista, admirando a queda d’água.
A trilha tem 2km (ida e volta 4km) e é plana em sua maioria. Leva cerca de 1h caminhando para chegar à queda d’água e o mesmo tempo na volta. Há alguns trechos inclinados e em que você precisa passar entre raízes. Já chegando na cachoeira, você terá que passar por uma parte íngreme. Retorno para pousada no final do dia. Noite livre.
Levar lanche de trilha.
Dificuldade: moderado para pessoas com preparo físico.

4º. Dia 10/06 – Visita as Fazendas de café. Entradas incluídas – Bananal / São Paulo
Saída as 8h30, após o café da manhã seguimos para conhecer algumas fazendas. As fazendas de Bananal estão ligadas por um personagem, o fazendeiro Manoel de Aguiar Vallim, que, dizem, chegou a possuir 1% de todo o papel-moeda do Brasil.
Fazenda Loanda, Bananal, SP
A Fazenda Loanda teve o seu apogeu no século XIX, em virtude da grande riqueza trazida pelo café. Fizeram, então, lá pelos idos de 1850 uma grande reforma no casarão, introduzindo elementos da Arquitetura Neoclássica que era a moda na Europa. Adornaram-na com belíssimos móveis (principalmente franceses), quadros, cristais e porcelanas; todos os objetos de muito bom gosto. Boa parte desse acervo ainda se encontra no seu interior. Após a morte dos barões, a fazenda passou pelas mãos de vários proprietários, até chegar, no ano de 2000, a Pedro T. C. Teixeira que, tendo como principal objetivo recuperar um bem histórico para as atuais e futuras gerações desenvolveu a sua restauração, atento aos mínimos detalhes. No momento, encontra-se aberta a visitação guiada, mediante agendamento.
Fazenda dos Coqueiros: Foi construída em 1855 e ainda guardam os segredos da época da escravidão com suas histórias, objetos antigos, senzalas… Em suas paredes respiram emoções, amores e sentimentos de um período de muita importância para o Brasil. É uma autêntica viagem ao passado. Venha nos conhecer e viver um dia no século XIX.
Almoço (não incluso) no centro de Bananal, aproveitando para conhecer os casarões, a estação de trem e a matriz. Retorno para pousada, arrumar as malas e check out. Saída às 15h da pousada. Chegada prevista, no mesmo local do embarque, para 22h e hospedagem no Hotel Ibis Budget Paraiso ou similar.

05º. São Paulo / Recife 11/06 – Em horário determinado transfer para o Aeroporto e fim dos nossos serviços.

O roteiro poderá ser alterado, caso condições climáticas ou motivos alheios à nossa vontade assim o determine.

PERFIL:
• É imprescindível ser pontual, para que os passeios ocorram dentro da programação;
• Seguir estritamente as orientações dos guias e recomendações dos atrativos visitados;
• Respeitar a cultura e costumes locais e de seus moradores;
• Respeitar os colegas do grupo e não interferir na condução do passeio é fundamental para a boa execução do trabalho dos guias.

O QUE LEVAR
• Mochila pequena para os passeios
• Tênis de caminhada confortável com sola aderente ou bota de caminhada.
• Papete para entrar nas cachoeiras.
• Protetor solar
• Cantil
• Repelente
• Boné
• bota de caminhada pré-amaciada com solado aderente ou tênis
• 1 anorak (capa de nylon com capuz resistente à água e ao vento)
• blusa
• 1 calça de trekking ou nylon
• maiô
• toalha
• capa de chuva
• produtos de higiene pessoal ( papel higiênico)
• máquina fotográfica
• medicamentos de uso pessoal
• muda de roupa para deixar no ônibus, quando saírem para os passeios.
• lanterna e pilhas extras

PARTE TERRESTRE INCLUI DO PRIMEIRO DIA DE VIAGEM ATE O 4º DIA DA VIAGEM.
• Transporte de Turismo fretado.
• Transporte para os atrativos locais em vans.
• 03 noites de Hospedagem em apartamentos duplos com café da manhã. Pousada Amiga http://www.pousadaamiga.com/
• Acompanhamento de guia do primeiro dia da viagem até o quarto o dia viagem.
• Passeios descritos no roteiro, exceto os opcionais.
• Entradas nas Fazendas.
• Equipamentos de segurança e primeiros socorros.
• Equipamentos para pratica da atividade.
• Seguro viagem.

PARTE TERRESTRE NÃO INCLUI:
• Alimentação,
• Despesas de uso pessoal,
• Nada que não seja mencionado com incluso.

VALOR DA PARTE TERRESTRE EM APTO DUPLO DO PRIMEIRO DIA ATÉ O QUARTO DIA VIAGEM : A vista : R$ 2.580,00 em dinheiro ou espécie, ou transferência bancária.
ou 1 + 9 R$ 298,00 no cartão de credito.

VALOR DA LOGISTICA DE SÃO PAULO POR PESSOA EM APTO DUPLO:
R$ 335,00

VALOR DA PASSAGEM AÉREA RECIFE /SAO PAULO / RECIFE COM TX DE EMBARQUE E BAGAGEM POR PESSOA A PARTIR DE 12x R$ 62,84 no cartão de credito.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *